quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Atualização do Patrimônio Financeiro - Novembro de 2016: R$ 214.454,63 ou + R$ R$ 17,23 (0,01%)

Novembro se foi e o ano vai se findando.

Como podem ver, o aporte foi quase insignificante (42,02% do projetado), a rentabilidade consolidada negativa, pela primeira vez (e isso, confesso, gera um desconforto). Ainda assim, meu patrimônio aumentou em R$ 17,23! Quase uma festa!

sábado, 12 de novembro de 2016

Economizei quase R$ 1000 importando!


Que muitas coisas são bastante mais caras no Brasil, não é novidade para nenhum de nós (mesmo com essa recente disparada do dólar), mas o que me surpreendeu foi ter economizado quase R$1.000,00 na compra de um celular intermediário (que, pasmem, sequer é vendido oficialmente no nosso país) e em outros itens mais baratos.



A compra já estava programada – presente da mãe, pois o outro presente que daria pra ela e pro pai, foi cancelado. Estava enrolando pra comprar, pois somente nos próximos meses meu cartão de crédito virá com faturas mais baixas – pra dizer a verdade, em fevereiro.

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Atualização do Patrimônio Financeiro - Outubro de 2016: R$ 214.437,40 ou + R$ 5.192,10 (+2,48%)


Outubro, eita mês abençoado! Parar e refletir sobre a vida é muito bom: quanta coisa pra agradecer e tão pouco pra pedir.
O título da atualização está diferente à pedidos do ranking financeiro, cujo blog não mais está disponível, algo que me deixou curioso e, ao mesmo tempo ressabiado.
Logo mais teremos o ranking do Viver de Construção sendo atualizado também!
Para facilitar a minha vida (e a dos leitores mais curiosos, como eu sou), inclui duas colunas na planilha de acompanhamento do AdP, para as quais dei o nome de “Var. Patrim. / mês ant.” – Variação Patrimonial sobre o mês anterior, que apresenta a diferença percentual e em DilmasTemers.
Importante observar que mesmo tendo aportado o total de - R$ 21k esse ano, meu patrimônio total já aumentou em R$ 8k

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Como eu diminui minha vontade de gastar (editado)

(a parte editada estará em verde)

Gastar o dinheiro dá uma sensação boa, ao menos no primeiro momento. E nós, aportadores, também gostamos dessa sensação, ainda que ela seja sabidamente passageira.

O ato de gastar pode se tornar altamente viciante. Não é a toa que o consumismo vem aumentando dia após dia. E a indústria, e especialmente a equipe de marketing, está nos convencendo de como não podemos viver um só dia sem aquele novo produto ou serviço que eles acabaram de criar. Eles precisam gerar novas demandas pra nos fazerem gastar sem que pensemos a respeito.

Você nem verá o dinheiro indo embora...
Consumir é gostoso e é bom, desde que com moderação. Já escrevi aqui no blog sobre fazer as coisas gastarem mais. Só que isso não é fácil. A vontade de comprar, de consumir, enfim, de gastar está sempre presente, não é mesmo?

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

O retorno da viagem e a reflexão sobre equilíbrio

Equilíbrio. Eis um ponto difícil de manter.

Fonte: https://pixabay.com/
Acabei de voltar de uma viagem em família, que certamente reduzirá meu aporte no próximo mês. Mas não me sinto com a menor ponta de arrependimento, ao contrário, sinto-me muito bem. Precisava recarregar as energias, estava saindo do eixo: trabalhos, estudos, compromissos, família, enfim, essa viagem foi um investimento em mim, me trouxe de volta aos eixos e me deixou muito energizado para o restante do ano!


quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Aporte Mensal, Ranking Alternativo, Dividendos e Oficialmente na Bolsa de Valores - Bovespa!

Caros amigos e leitores da blogosfera, sigamos forte no caminho da Independência Financeira!

Inicialmente, queria  aproveitar o post e avisar que saiu o Fechamento Financeiro Alternativo dos Blogs de Finanças. Vejam lá, está muito interessante!

Esse mês estou em férias, e com ela pingou um $$ a mais, muito bem vindo.
Estarei em viagem e por isso não aportarei como deveria, mas tudo está ainda dentro do planejado (com a respectiva margem de segurança).
O aporte mensal ficou em R$ 1.900,00, um pouco acima da meta mensal (R$ 1.500), mas não o suficiente para compensar o aporte ridículo do mês passado. Na média, nos 4 últimos meses, meu aporte mensal fica em R$ 1.477,37 - ou seja, haverá tempo para corrigir isso até dezembro :D

Os dividendos com FII caíram um pouquinho e alcançaram o montante de R$ 359,61, com DY em relação ao preço médio, de 0,95%. Essa queda já era espera tanto pelos relatórios anteriores quanto por uma renda não recorrente.


domingo, 9 de outubro de 2016

Economize ao comprar um carro [DICA]


Caros amigos e leitores da blogsfera, todos sabemos que em regra, carro não é um ativo, salvo se ele te gerar renda - comprar para revender, locar, etc -, quando, então, você poderá "considerá-lo" como tal.

Esse ponto é bastante conhecido por vocês, vamos nos lembrar que há muitos mitos sobre os carros: ouvimos que "carro bom é zero km", "carro com mais de três anos é bomba", "você tem que trocar de carro a cada três anos para não perder muito dinheiro", etc, etc, etc...

A primeiríssima coisa a se fazer pra economizar ao comprar um carro é derrubar esses mitos!

sábado, 1 de outubro de 2016

Fechamento - Setembro de 2016

Setembro posso considerar um ótimo mês  no trabalho e mediano nas finanças.
A meta de R$ 209,7 k não foi alcançada por pouco, mas completei 99,78%, ou seja, foi aceitável.
A rentabilidade da carteira foi de  + 1,37 %, mas o aporte foi de apenas R$ 469,75, o que significa dizer que aportei somente 31,32% do projetado 😐
 






domingo, 18 de setembro de 2016

Dividendos e a Meta de Agosto/16

Estou inaugurando esta nova parte do meu blog, os dividendos mensais!

É um assunto muito bom, pois os vejo aumentando mês a mês.
Eu não fazia esse controle antes, mas andei lendo um pouco e me dei conta que isso é umas das coisas mais importantes que devo levar em conta.

Bem, vamos às informações que interessam:

Notícia feliz: os resultados aumentaram em 4%, o que é muito positivo.


terça-feira, 6 de setembro de 2016

Fechamento - Agosto de 2016

Agosto foi um mês bastante difícil para mim, na renda variável e também no trabalho.
A meta de R$ 206k não foi alcançada por pouco, já que obtive uma rentabilidade apenas de + 1,02 % !

Durante o mês gastei um pouco além do previsto, até mesmo por conta dos gastos não previstos com a manutenção do celular (lançados em "outros gastos"). Novamente gastei muito com comida fora (bares e restaurantes, que inclui quando não levo comida para o serviço e quando saio mesmo), porque não me organizei corretamente e acabei por não levar minha alimentação de casa.